A Adoração a DEUS como estilo de vida

“Jó levantou-se, rasgou seu manto e rapou a cabeça. Então prostou-se, rosto em terra, em adoração. E disse: Saí nu do ventre de minha mãe e nu partirei. O Senhor deu, o Senhor levou; Louvado seja o Nome do Senhor” Jó 1.20-21

Uma coisa é ir à igreja e outra bem diferente é ADORAR. Pode ser que, muitas vezes, não temos vontade de adorar e louvar o Senhor, por aquilo que Ele é e por aquilo que Ele faz. Há momentos em que parece hipocrisia oferecer ações de graça e louvores.

Por isso a história de Jó narrada na Bíblia pode causar espanto. Sua reação inicial às suas perdas vai além da agonia e da lamentação. Diante da calamidade que lhe sobreveio, Jó se prostrou em ADORAÇÃO.

Não parece estranho? Ele havia acabado de perder tudo e, mesmo assim, se prostrou para adorar a DEUS. Ao ler esta parte da história, é bom perguntar como ele conseguiu fazer isso…?

Para muitos, a adoração consiste em ir à igreja no domingo, cantar alguns hinos e ouvir a mensagem de um pastor. A verdadeira ADORAÇÃO se dá quando as palavras que fluem de nossos lábios e as obras que fluem de nossa vidas glorificam e honram a DEUS por Seus atributos e Suas obras.

Nós ADORAMOS a DEUS quando refletimos a Sua Glória, Seu caráter e Sua imagem para os outros. E isso tem a ver com a maneira com que vivemos. Se no meio de uma crise fazemos apenas o que temos vontade vamos ficar envolvidos num círculo de autopiedade.

Quando adoramos verdadeiramente ao nosso DEUS, paramos de olhar só para nós mesmos, para o nosso umbigo, para nossas tristezas ou problemas. Passamos, então, a olhar para DEUS para ver as nossas dificuldades sob a maneira do Senhor. Quando Jó foi ferido e desprezado, o que veio a aparecer foi a sua adoração.

Sem dúvida, Jó sabia como ADORAR o Senhor. Sua fé era tão genuina e passava por toda sua vida de forma tão completa que lhe pareceu apropriado curvar-se diante de DEUS, ali mesmo onde ele se achava. Para Jó a ADORAÇÃO a DEUS era um estilo de vida…E para nós??

Pr. Ezequias Costa

Anúncios
Post anterior
Post seguinte

1 comentário

  1. Elza Maria

     /  29 janeiro, 2012

    Pastor, penso igual ao senhor mas, na minha igreja tenho que ouvir que Jó sofreu q temia ficar sem nada o que atraiu Satanás..E acusou Deus de mandar o mal trazendo sofrimento ara ele mesmo!!!!Vejo como li no seu estudo é o mesmo que creio…Jó é um ADORADOR VERDADEIRO!!!Jó 1;22 diz que não atribuiu falta nenhuma a Deus e nem errou no que falou…Ms, eles não leem e até justificam que no final Jó assume seu erro!!!Só acreditam em Kenetth Hagin…E aí? Insisto em mostrar..eles tem até uma academia da fé…Eu dou aula ara criancas… Não aguento mais teoria de vida abundante e tudo que não acontece é erro nosso ou falta de fé….!!!!Me Ajude!!!Que bom que li seu artigo…!!!

    Adoradora em conflito

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: