Quem é o Papai Noel?

Separe alguns minutos para ler a comparação abaixo, entre JESUS CRISTO, nosso Salvador, e o “bom velhinho”, o Papai Noel… Esta comparação tem a finalidade de mostrar os ensinos da Bíblia sobre o Senhor Jesus e os ensinos místicos sobre Papai Noel.

Lamento que o Papai Noel tenha substituído o Senhor Jesus, nosso Salvador, na mente e no coração de nossas crianças, muitas delas filhos de pais e mães crentes e zelosas da Palavra. Mas… aconteceu!

Quando você ler esta comparação você verá que a substituição não é acidental. O nosso inimigo,  Satanás, procura nos afastar do verdadeiro sentido do Natal e do nascimento do Salvador, levando a nossa mente e nosso coração a dar uma “mãozinha” para o “bom velhinho”.

Que o Espírito Santo de DEUS o ajude nessa leitura. Que você cresça no conhecimento da verdade, afastando-se assim do erro e maldade. Levando seus filhos e outras crianças a sua volta a entenderem o significado bíblico do Natal do Senhor Jesus.

Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador, de acordo com a palavra de Deus

Papai Noel, o bom velhinho, de acordo com os ensinos místicos – a falsificação

Tem os cabelos brancos como a lã (Apocalipse 1.14) Tem os cabelos brancos como a lã
Veste um manto vermelho (Apocalipse 19.13) Veste-se de vermelho
A hora da sua vinda é surpresa (Lucas 12.40 e Marcos 13.33) A hora da sua chegada é surpresa
É onipotente – o Todo Poderoso (Apocalipse 19.6) É todo poderoso – Consegue entregar todos os brinquedos numa só noite
É Onisciente – Conhece todos os corações e intenções (1a. João 3.20 e Hebreus 4.13) É onisciente – Sabe se a criança foi boa ou má
É Onipresente (1a. João 3.13 e Efésios 4.6) É onipresente – Vê quando a criança dorme ou está acordada. Precisa estar em todos os lugares ao mesmo tempo para entregar todos os presentes
Vive para todo o sempre (Apocalipse 1.8 e 21.6) Vive para sempre
Vive naqueles que o receberam (1a. Coríntios 3.16 e 2a. Coríntios 6.16-17) Vive no coração das crianças
Senta-se em um trono (Hebreus 1.8 e Apocalipse 5.1) Senta-se num trono
Distribui dons (Efésios 4.8) Distribui presentes
Somos exortados a nos aproximar do seu Trono de Graça e expor as nossas necessidades (Hebreus 4.16) As crianças são ensinadas a se aproximarem do trono dele para pedir tudo o que quiserem
Convida as crianças para irem a Ele (Marcos 10.14) Convida as crianças para irem até ele
É Juiz. Ele julga (Mateus 25.31-46 e Romanos 14.10) Julga se a criança foi boa ou má
Digno de receber orações e Adoração (Apocalipse 5.12-14 e Hebreus 1.6) As crianças rezam a ele e fazem seus pedidos
Senhor dos Exércitos (Malaquias 3.5 e Salmo 24.10) Senhor de um exércitos de Elfos (espíritos de demônios das árvores)
Príncipe da Paz (Hebreus 1.3)

Símbolo da Paz Mundial. O espírito do Natal.

Anúncios

Árvore de Natal?

Amados no Senhor, Graça e Paz.

Dezembro é o mês do Natal entre nós.

Se você, ou seus pastores ou sua igreja tem pensado em “armar” uma árvore de Natal, peço a você que, antes de tomar essa decisão, analise os estudos que tenho postado neste blog acerca da Adoração e a Torre de Babel.

Analise, ore, leve aos seus pastores e veja o que a Palavra de DEUS fala sobre árvores.

Depois, gostaria que você me mandasse um comentário, mesmo que seja desfavorável, BASEADO NA PALAVRA DE DEUS. OK?

A adoração e a Torre de Babel – Parte 05

A Babilônia do Novo Testamento e dos Dias de Hoje

Então o anjo me levou no Espírito para um deserto. Ali vi uma mulher montada numa besta vermelha, que estava coberta de nomes de blasfêmia e que tinha sete cabeças e dez chifres. A MULHER estava vestida de azul e vermelho, e adornada de outro, pedras preciosas e pérolas. Segurava um cálice de ouro, cheio de coisas repugnantes e da impureza da sua prostituição. Em sua festa havia esta inscrição: MISTÉRIO, BABILÔNIA, A GRANDE A MÃE DAS PROSTITUTAS E DAS PRÁTICAS REPUGNANTES DA TERRA (Apocalipse 17:3-5)

Esse capítulo 17 do livro da Revelação, o Apocalipse, nos diz claramente algumas características dessa Babilônia dos nossos dias. Já não há mais a torre de Babel, mas a Babilônia continua. E, como no Gênesis, a Babilônia do Apocalipse é também uma cidade e um centro religioso.

  • É uma cidade (Apocalipse 17:18)
  • Foi construída sobre sete montes (Apocalipse 17:9)
  • Sangue das testemunhas de Jesus foi derramado nesse cidade (Apocalipse 17:6)
  • É uma cidade que tem poder sobre povos, multidões, nações e línguas (Apocalipse 17:15)
  • A Bíblia ensina que a Prostituição espiritual é deixar a adoração do único DEUS e prestar culto a outros deuses (Ezequiel 16:14-17, Jeremias 2:20 e Oséias 2:7)
  • Uma cidade que tem poder para reinar sobre os reis da terra e que negocia com comerciantes do mundo inteiro (Apocalipse 17:18 e Apocalipse 18:3)
  • Sua riqueza material é imensa (Apocalipse 18:12 e 13)

A Babilônia de nossos dias deixou o seu noivo e se envolveu com outros amantes. Portanto, além de ser uma cidade, Babilônia de hoje é uma Igreja. Mas, uma Igreja prostituta, que deixa a relação direta com seu noivo, o Senhor Jesus, e vai atrás de amantes e negociantes. Por isso, o livro da Revelação a chama de BABILÔNIA, a mãe das prostitutas.

Essa Cidade-Igreja usou todos os povos da terra para seus próprios interesses egoístas. É a última prostituta moral e religiosa que se funde com o poder governamental, sempre em seu favor. A Babilônia de hoje simboliza a apostasia dos últimos dias, isto é, a fé de muitos que vai se esfriando, conforme nos ensina o Senhor Jesus, em Mateus 24:12.

A ordem da Palavra do Senhor é clara: “Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados…” (Apocalipse 18:4).

Vamos, irmãos, deixar as práticas pagãs dessa Igreja, que aos poucos vai penetrando em nossas Igrejas e lares, e apeguemo-nos com mais firmeza à Palavra do Senhor.

A noite está acabando; o dia logo vem. Portanto, deixemos de lado AS OBRAS DAS TREVAS e revistamo-nos das ARMAS DA LUZ (Romanos 13:12)

%d blogueiros gostam disto: