Os fiéis são poucos (Salmo 12)

O Salmo 12 nos apresenta um cenário desolador. Já o verso 1 traz uma declaração surpreendente. Diz o autor do Salmo: “Socorro, Senhor, já não há mais gente honesta e os fiéis desaparecem da terra”.

Diz-nos ainda mais que cada um procura enganar o seu próximo, sando palavras falas, bajuladoras, fingidas e cheias de orgulho (versos 2 e 3).

Temos ouvido falar que o número de seguidores de Jesus tem aumentado, especialmente em nosso país. Cresce o número de igrejas e cresce também o número de frequentadores dessas igrejas.

Mas, a visão do autor do Salmo 12 é terrível: O número dos fiéis tem diminuido. O que quer isso dizer? Simplesmente que vemos nossas igrejas cheias de pessoas vazias,  sem compromisso com a verdade.

E a Palavra de DEUS nos adverte que, nos últimos dias, essa situação vai se agravar. O apóstolo Paulo, em sua 1a. carta a Timóteo avisa ao jovem pastor: “… nos últimos tempos alguns abandonarão a fé, dando ouvidos a espírito enganadores e a ensinamentos de demônios. Tais ensinamentos vem de pessoas falsas e mentirosas, pois tem a consciência morta…” (1 Timóteo 4.1-2).

Alguns se afastarão da fé pois serão trabalhados por espíritos enganadores. Outros porque vão deixar de amar a verdade. Outros ainda porque não vão conseguir resistir a atração do pecado.

Esse quadro tende a ser pior pois, antes da volta do Senhor Jesus, haverá grande atividade dos demônios, do ocultismo, das feitiçarias e do engano. E O NÚMERO DE FIÉIS VAI DIMINUINDO.

Que vamos fazer amados? O Salmo 12 nos apresenta a saída dessa situação pavorosa: buscar ainda mais a Palavra do Senhor e a intimidade com nosso Salvador: “As Palavras do Senhor merecem confiança; são como a prata pura refinada sete vezes no fogo. Ó DEUS, guarda-nos sempre protegidos por Tua mão…” (Salmo 12. versos 6 e 7).

Que seja assim. Amém?

Anúncios
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: