Ensina-me… (Salmo 25)

O Salmo 25  começa com uma referência profunda sobre o que é oração. Diz o verso 1: “A Ti elevo a minha alma…”
Então, oração é elevar a nossa alma, é sair deste mundo físico, tangivel, temporal e adentrar a eternidade, é visitar o Santo dos Santos, o Lugar Sagrado da Presença de DEUS, é estar diante do Trono do Senhor do Universo… É demais, não é?
E, diante da Presença Santa do nosso DEUS, o salmista tem um só pedido: “Ensina-me…” Eu preciso aprender… Eu preciso conhecer mais de Ti, Senhor, quero saber ainda mais do que tens para mim. Diz, ainda, “Eu preciso aprender a andar junto contigo… Então, ENSINA-ME a andar nos Teus caminhos, nas Tuas veredas”.
E o verso 14 declara a profundidade desse caminhar com o Senhor. Diz assim: “A intimidade do Senhor é para aqueles que O temem. A esses o Senhor dará a conhecer a Sua Aliança”. Só poderão entrar na Intimidade do Senhor aqueles que O temem. Mas o que é temer ao Senhor? É ter medo dEle?  É morrer de medo do seu poder?
Temer ao Senhor é reconhecer a Sua Santidade, É saber que estamos diante do Rei do Universo. É levar DEUS a sério. Quando assim agimos começamos a penetrar em Sua intimidade. E, ali, ELE vai nos revelar todo o Seu propósito, todo o Seu concerto, todos os Seus segredos.
É isso, exatamente, que o apóstolo Paulo ministra aos crentes da igreja de Corinto. Na 1a. carta para aquela igreja, no capítulo 2, nos versos 9 e 10, assim se expressa o apóstolo:
Olho nenhum jamais viu, ouvido nenhum jamais ouvir, nem penetraram no coracao humano as coisas que DEUS preparou para aqueles que O amam. Mas, ELE nos REVELOU pelo Seu Espirito…
Então, amados e amadas, não vale a pena penetrar na intimidade do Senhor? Busque essa intimidade, todo dia, toda hora, e você terá revelações grandiosas do Senhor do universo para sua vida, sua familia, seus negócios, seu presente e seu futuro.
Assim o Senhor nos abençoe.
Anúncios
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: