Tu és MEU filho (Salmo 2)

“O SENHOR me disse: Tú és meu filho, Eu hoje te gerei.” Salmo 2. 7

“Te gerei” significa “dar à luz.” Emprega-se em relação a uma mulher ao dar à luz uma criança. Mas também era usado, no sentido legal, quando um rei apresentava seu filho ao povo para proclamá-lo rei juntamente com seu pai, conforme vemos em 1 Reis 1.32-34, quando o rei Davi fez assim com seu filho, Salomão.

Mas, neste Salmo, refere-se à proclamação pública do Senhor Jesus como filho de DEUS. Tambem se refere à sua unção como Profeta, Sacerdote e Rei, seu tríplico Ministério, conforme relatado em Mateus 3.12 e Atos dos Apóstolos 13.33, e também em Hebreus 1.5.

(mais…)

Anúncios

Árvore plantada junto às águas (Salmo 1)

“Será como a árvore plantada junto à ribeiros de águas, dá o seu fruto na estação própria, suas folhas não caem e tudo quanto fizer prosperará. “ Salmo – 1.3

Em diversas passagens da Escritura Sagrada, o servo do Senhor é comparado a uma árvore. Essa árvore, plantada junto ao rio da Palavra de DEUS, não tem medo. E mesmo em tempos de seca ainda dá o seu fruto.

Á nossa volta, encontramos pessoas que aceitam a forma de pensar e o conselho daqueles que não conhecem a Palavra de DEUS. (Salmo 1.1). Encontramos, também, aqueles que escolhem caminhos negativos (Salmo 1.4 ) E até pessoas que são atraídas pelas idéias convidativas de outras pessoas e passam a achar natural e normal. Isso é “deter-se no camninho dos pecadores”. (Salmo 1..1)

(mais…)

Um coração abatido (Salmo 61)

Ouve, ó DEUS, a minha súplica, atende a minha oração; desde os confins da terra clamo por ti, no ABATIMENTO do meu coração. Leva-me para a ROCHA que é mais alta que eu”.” Salmo 61.1-2

Quem de nós nunca se sentiu abatido, desanimado, em meio às lutas da vida? E, o que é pior: sentimo-nos longe, distantes de DEUS, como se estivessemos “nos confins da terra…”

Durante tempos difíceis e trabalhosos volte-se para a presença do nosso DEUS. Quando falta a esperança, quando as forças se vão, quando parece que o SENHOR se esqueceu de nós, é hora de clamar e clamar ainda mais.

(mais…)

Volta-TE para nós (Salmo 60)

“Volta-TE para nós, porque vão é o socorro do homem!” Salmo 60. 1 e 11

É preciso reconhecer que muitas vezes nós, como povo de DEUS, sofremos derrotas em nossas batalhas. Essas derrotas em nossas Igrejas, em nossa vida cristã, em nossa vida em família, acontecem porque nós deixamos de ouvir a voz de nosso DEUS e não queremos fazer a SUA Santa vontade.

No passado a solução para Israel era buscar a DEUS, com arrependimento e clamor em oração, renovar o compromisso com ELE e dedicar-se a SUA vontade. O verso 4 diz: “ TU deste uma bandeira aos que TE temem, para levantarem no alto pela causa da verdade.

(mais…)

Eu cantarei a TUA força (Salmo 59)

“ Eu, porém, cantarei a TUA força; pela manhã, louvarei com alegria a TUA misericórdia, porquanto TU foste o meu alto refúgio e proteção no dia da minha angústia.” Salmo 59.16

Quem de nós já não se sentiu oprimido pelo inimigo? Cercado por adversários que gritam e nos maldizem? Palavras como espadas ou lanças nos atingem e nos ferem.

Muitos de nós fomos abusados na infância quando aqueles que deviam nos proteger e amar nos atingiam com palavras duras, sem amor. Abusos que se sucederam durante muito tempo e que visavam destruir a nossa auto-estima.

(mais…)

Deus, justiça nossa (Salmo 58)

“ Há uma recompensa para o justo; ha um DEUS que julga na terra.” Salmo 58.11

Uma das grandes calamidades sobre a terra, causada pelos seres humanos em nossos dias, é saber que a injustiça vai aumentando em todos os setores de nossa sociedade.

Os pobres, os necessitados, as vítimas das guerras, do terrorismo e dos traficantes são passados para trás. O poder do dinheiro corrompe. A injustiça se ve claramente no dia-a-dia.

O Salmo 58 fala da injustica entre os seres humanos, mas nos garante que podemos clamar por justiça porque seremos ouvidos: “Há um DEUS que julga na terra.”

(mais…)

Calamidades (Salmo 57)

“Tem misericórdia de mim, oh DEUS, tem misericórdia de mim, porque a minha alma confia em TI; à sombra de TUAS asas me abrigo, até que passem as calamidades.” – Salmo 57 verso 1

O que são calamidades? Tivemos nesse inicio do ano de 2011, grandes calamidades na região de serras do estado do Rio de Janeiro. Por causa da chuva intensa, morros vieram abaixo, matando, destruindo, apagando do mapa comunidades inteiras, nas cidades de Teresópolis e Petropolis, além de outras menores.

O que é uma calamidade? É uma grande desgraça. É uma catástrofe. Uma infelicidade. Um infortúnio. Mas uma calamidade pode ser a mulher descobrir que depois de muitos anos de casamento, foi trocada por outra mulher mais nova.

(mais…)

Lágrimas no TEU vaso (Salmo 56)

“Põe as minhas lágrimas no TEU vaso” – Salmo 56.8

Este Salmo de Davi no faz lembrar, mais uma vez,que nosso DEUS nos olha com amor em todas as experiências pelas quais passamos: ELE estáperto para recolher nossas lágrimas.

Aprendemos que nosso DEUS conhece bem de perto nossas experiências desagradáveis: lutas pesadas, enfermidades, noites sem poder dormir, problemas financeiros, problemas na familia, problemas no nosso emprego.

(mais…)

Asas de pomba (Salmo 55)

“Ah! Quem me dera asas como de pomba! Voaria e estaria em descanso. Fugiria para longe e pernoitaria no deserto. Me apressaria para escapar da fúria do vento e da tempestade.” Salmo 55 versos 6,7 e 8

Quando estamos cercados pela maldade e pelos maus, ou por inimigos espirituais, ou até quando as preocupações da vida nos causam medo e pavor, ou angústia, ou ansiedade, nós gostariamos de FUGIR desses males e, assim, obter descanso e alívio.

Mas, na maioria dos casos, não é possível fugir de  tais situações. A VERDADEIRA SOLUÇÃO está somente no refúgio em nosso DEUS.

(mais…)

Deus é meu ajudador (Salmo 54)

“Eis que DEUS é o meu ajudador; o Senhor me livrou de toda a angústia.” Salmo 54: 4 e 7

Este Salmo é uma oração bem apropriada para o crente que enfrenta perigo ou até mesmo que tenha sofrido alguma tragédia. É um clamor por socorro. Podemos estar certos de que nosso DEUS nos atenderá com Seu poder de salvar, livrar, curar.

Hoje, como ontem, o Senhor Jesus nos deixou Seu Espírito Santo para ser nosso ajudador em todas as situações e o nosso sustentáculo. O Senhor Jesus nos prometeu enviar outro Consolador (João 14.16)

(mais…)

Buscar a Deus (Salmo 53)

“DEUS olhou desde os céus para os filhos dos homens, para ver se havia algum que tivesse entendimento e buscasse a DEUS.” Salmo 53. 2

Os olhos do Senhor estão constantemente observando nossos atos e intenções. O que o Senhor tem visto? Há interesse de nossa parte numa busca da Presença Gloriosa do DEUS criador?

O que o Senhor vê desde a sua habitação? Os seres humanos rejeitam a Revelação de DEUS porque não crêem no que a Bíblia diz a respeito do Senhor DEUS Criador. Os Seus princípios morais expressos em Sua Palavra são desprezados. Os seres humanos dependem de seu próprio intelecto para estabelecer a diferença entre o certo e o errado.

Não há busca de entendimento e intimidade com o Senhor. Sua presença e ajuda não são buscados, mas são deixados de lado.

Há uma história bíblica de um jovem adolescente, de 16 anos, que se dispôs a buscar o Senhor mesmo sendo bastante jovem. Seu nome? Uzias. (mais…)

Oliveira verde (Salmo 52)

“Eu sou como a oliveira verde, que o próprio Senhor protege e defende na Sua casa.” Salmo 52.8

O Salmo 52 escrito pelo rei Davi começa descrevendo aquele que não conhece a intimidade do Senhor Todo-Poderoso:

> aquele cujo prazer está na malícia e no engano – versos 1 e 3;

> aquele cujas palavras só trazem destruiçãoo – verso 2;

> aquele que ama o engano e a mentira e não conhece a verdade – verso 3;

> aquele que ama palavras maldosas que devoram quem as ouve – verso 4;

Em contraste com a vida ímpia do homem maligno, o Salmo 52 apresenta a alegria do justo. Seu prazer é ser como uma árvore que deve dar frutos, e frutos bons. Uma oliveira verde, cheia de força e de vida, para produzir azeitonas. Azeitonas das quais se vai extrair o azeite.

(mais…)

%d blogueiros gostam disto: