A REVELAÇÃO DO MISTÉRIO BABILÔNIA – Parte 1

“E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças e falou comigo, dizendo-me: Vem, eu te mostrarei a condenação da grande prostituta que esta’ montada sobre um grande animal… O anjo transportou-me, em espirito, e vi uma mulher montada num grande animal, de cor vermelha…Vi que a mulher estava embriagada com o sangue dos santos e com o sangue das testemunhas de Jesus. Quando eu a vi, admirei-me com grande espanto.” Apocalipse 17, versos 1, 3 e 6
O profeta João, autor do Apocalipse, se depara com a figura de uma mulher assentada sobre um grande animal, a besta na tradução mais antiga, tendo esse grande animal a cor vermelha.
Ele nao se assusta com o grande animal, pois ele já havia visto esse monstro em relatos anteriores, descritos nos capítulos 12 e 13. Ele se admira com a visão dessa mulher, assentada sobre esse grande animal.
O texto não diz que a mulher tem problemas cavalgando o grande animal, a besta. Mas, o que nos é revelado é que a mulher está montada no animal e está em controle da situação.
A mulher parece ter as rédeas na mão e o animal que ela monta parece estar submisso ao controle dela. Eventualmente, esse grande animal vai se voltar contra a mulher.
Por que uma mulher? Quem é esta mulhe? Por que não um homem? O capítulo 17 traz muita informação sobre essa mulher e pouca informação sobre o grande animal.
(Continua)

Anúncios
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: