ESTUDOS NO LIVRO DO PROFETA JONAS – Parte 2


“SALVAÇÃO AOS MEUS INIMIGOS? NUNCA!!”

“Levante-se e vá para a grande cidade de Nínive…” – Jonas 1.2

A cidade de Nínive, capital do antigo e poderoso império da Assíria, distava cerca de 1.200 km a nordeste da Galiléia, onde vivia o profeta Jonas. A Assíria era uma nação perversa, cruel e imoral.

Os assírios tinham um grande e poderoso exército, que por diversas vezes havia atacado os reinos de Israel e Judá, uma grande ameaça ao povo de DEUS.

Numa dessas vezes, no tempo do rei Ezequias, de Judá, o texto de 2 Reis 19.35 relata a invasão de Senaqueribe, da Assíria, contra Jerusalém. Numa salvação milagrosa, o anjo do Senhor intervém e 185.000 soldados assírios são mortos em seu próprio acampamento.

Arqueólogos tem trazido à luz construções e histórias desse povo, conhecido como sanguinários. Os soldados inimigos, derrotados, eram levados para a Assíria como cativos. Ali, tinham suas mãos e pés decepados, seus olhos furados. Depois seus corpos eram jogados em montões e abandonados até morrer…

Outro flagrante do instinto assassino desse povo nos diz que juntavam as mulheres grávidas de seus inimigos. Em seguida, rasgavam seus ventres e matavam os fetos sem qualquer piedade…

A esse povo o Senhor DEUS levanta o profeta Jonas para pregar o arrependimento. Mas o profeta, em sua visão pequena, prefere fugir a levar a mensagem de mudança de vida. Assim, podemos entender o motivo da fuga do profeta: preconceito contra um povo não-judeu e cruel.

Vamos parar um pouco para analisar a conduta do profeta – “eu, levar a mensagem de mudança de vida a um povo inimigo do meu povo…?? Jamais…!!”

Estranho, não é? Mas esse pensamento e essa atitude ainda prevalecem no meio do povo de DEUS; preferimos ficar dentro dos nossos templos, louvando e cantando, dando glória a DEUS, falando línguas estranhas, orando em busca de prosperidade… Enquanto isso, quem vai levar a mensagem de mudança de vida aos perdidos?

Quem vai levar a mensagem de VIDA NOVA para os dependentes de drogas, aos viciados, às prostitutas, aos homossexuais, aos pedófilos, aos criminosos e encarcerados… “Ah! Não,” dizemos, “essa gente já está perdida mesmo… Eu é que não vou lá, não…”

“Jesus disse: os salvos não precisam de médico, mas sim os que estão doentes. Eu não vim chamar os justos; eu vim chamara os pecadores.” – Marcos 2.17

CONTINUA

Anúncios
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: