2 CORÍNTIOS – ESTUDO 4 – RESTAURAR O ARREPENDIDO

perdaoperdao 2
“A punição que foi imposta pela maioria a esse irmão é suficiente. Agora, todavia, deveis perdoá-lo e encorajá-lo, para que não seja dominado por amargura excessiva. Insisto convosco que confirmeis o vosso amor fraternal para com ele.” 2 Coríntios 2.6-8.

O apóstolo trata aqui de algum irmão que se opunha a seu ministério naquela igreja. Talvez esse irmão tenha desafiado abertamente o apóstolo. Ou insultado a Paulo em público.

Assim, o apóstolo chama a igreja a disciplinar aquele irmão. A Igreja fez a disciplina e o irmão arrependeu-se. Agora, o apóstolo teme que a Igreja vá longe demais.

O apóstolo diz: “Agora chega.” A Igreja deve perdoar o irmão, confortá-lo e reafirmar o seu amor por ele. Podemos reduzir assim: “Firmes na gentileza e gentis na firmeza”…

A finalidade da disciplina é restaurar a vida do irmão e não destruí-la. A pessoa pode ter uma excessiva carga de angústia e sofrimento.

Paulo ensina, ainda, que nosso Inimigo, Satanás, quer destruir nossas vidas e manipula o complexo de culpa dos filhos de DEUS. O apóstolo diz no verso 11 do capítulo 2: “A fim de que Satanás não tivesse qualquer vantagem sobre nós; pois não ignoramos suas artimanhas.”

Satanás, inimigo de nossas almas quer nos paralisar com vergonha, culpa, desespero e quer nos levar para longe da presença de nosso DEUS.

O apóstolo informa que não abriga qualquer sentimento de mágoa ou maldade contra aquele irmão que publicamente o acusou. Paulo o perdoa…

A disciplina na igreja, por mais necessária e importante que seja, não deve ser aplicada sem Graça e Esperança sincera de recuperação. O apóstolo mostra que perdoar é o primeiro passo para ser perdoado…

Você concorda??

(CONTINUA)

Pr. Ezequias Costa
Email: pr.ezequias@terra.com.br
Site: http://pastorezequias.com
Face: Ezequias Costa
Linkedin: Pastor Ezequias Costa

Anúncios
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: