DEUS NÃO FAZ DIFERENÇA ENTRE PESSOAS

pedro e cornelio
DEUS NÃO FAZ DIFERENÇA ENTRE PESSOAS

Paulo Henrique de Oliveira Costa

E havia em Cesaréia um homem por nome Cornélio, centurião da coorte chamada italiana, Piedoso e temente a Deus, com toda a sua casa, o qual fazia muitas esmolas ao povo, e de contínuo orava a Deus. Este, quase à hora nona do dia, viu claramente numa visão um anjo de Deus, que se dirigia para ele e dizia: Cornélio. O qual, fixando os olhos nele, e muito atemorizado, disse: Que é, Senhor? E disse-lhe: As tuas orações e as tuas esmolas têm subido para memória diante de Deus;
Agora, pois, envia homens a Jope, e manda chamar a Simão, que tem por sobrenome Pedro. Este está com um certo Simão curtidor, que tem a sua casa junto do mar. Ele te dirá o que deves fazer.

Após a conversão de Paulo a caminho de Damasco (ATOS 9.1-31), a Igreja continua expandindo-se de Jerusalém, para Judéia e Galiléia, tendo adesão principalmente de judeus (de língua aramaica ou grega). E os discípulos que foram dispersos pela perseguição que sucedeu por causa de Estevão, levavam consigo as Boas Novas do Evangelho por toda a parte. Em Jerusalém permanecem apenas os apóstolos, onde já se destacavam como «colunas» da Igreja: Tiago (o irmão de Jesus), Cefas (Simão Pedro) e João (GÁLATAS 2.9).

No final do Capítulo 9 do LIVRO DE ATOS, reencontramos o apóstolo Pedro em uma segunda viagem missionária, partindo de Jerusalém, passando pelas cidades de Lida e Sarone, com destino à cidade de Jope, próxima ao mar, onde se demorou por muitos dias (v.43).
Enéias e Dorcas: – Jesus Cristo te dá saúde! (Atos 9.32-43)
Na cidade de Lida, Lucas nos apresenta um rápido episódio em que o paralítico Enéias é curado através da instrumentalidade de Pedro. Este deixou bem claro que seria apenas um intermediário, Cristo é quem iria curá-lo: «Jesus Cristo te dá saúde». Acrescentando, também: «Levanta-te, e faze a tua cama», tratava-se de algo que Enéias não pôde fazer durante oito anos.

Enquanto isso ocorria em Lida, na cidade de Jope, uma discípula chamada Tabita (ou Dorcas), enfermando, morreu. Lucas a descreve como uma mulher «cheia de boas obras e esmolas» (v.36). Dois homens partem para buscar o apóstolo em Lida. Ao chegar, Pedro ficou sabendo da grande perda que a igreja havia sofrido. Mandou esvaziar a sala, como Jesus o fizera por ocasião da ressurreição da filha de Jairo e ordenou à mulher: «Tabita, cumi». Esse milagre produziu em Jope mais algumas conversões.
Pedro e Cornélio: – Obedecendo à visão! (Atos 10.1-48)

Era apenas uma questão de tempo até que os limites do território judaico fossem alcançados pelo Evangelho e o problema da admissão dos gentios (hebraico: “goyim”, não judeus) deveria ser resolvido. Precisava-se de um caso que viesse demonstrar com clareza qual era a vontade de Deus quanto aos gentios na Igreja. Por isso o caso de Cornélio foi providencial.

Cornélio era homem «piedoso e temente a Deus», estava atraído pela religião judaica sem, contudo, havê-la abraçado de modo integral. Era um centurião romano residente em Cesaréia e que «dava esmolas ao povo». Certo dia viu claramente um anjo de Deus dando-lhe a ordem para mandar buscar a Pedro em Jope, a fim de que ele e todos em sua casa fossem salvos.
Imediatamente antes da chegada dos homens de Cornélio em Jope, Pedro subiu ao terraço para orar e, numa visão, o Senhor lhe mostra claramente que não faz acepção de pessoas (v.34). Estava dado o passo definitivo para a expansão mundial do Evangelho.

Pr.Ezequias Costa
Email: pr.ezequias@terra.com.br
Site: http://pastorezequias.com
Face: Ezequias Costa
Linkedin: Pastor Ezequias Costa

Anúncios
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: