CORAÇÕES ENDURECIDOS

coraçoes

CORAÇÒES ENDURECIDOS

Pense nesta história, fazendo um paralelo entre o ser humano com o coração endurecido e seu relacionamento com Deus.

Era uma vez um homem que tinha um bicho de estimação diferente: um camundongo, que ele amava de todo o coração. mas o camundongo adorava queijo. O homem guardava seu camundongo dentro de uma casinha, e dispensava a ele todo o cuidado e conforto que o coração de um camundongo pudesse desejar.

O homem esculpiu uma portinha na parede para seu amiguinho, e dava liberdade para ele entrar e sair como lhe agradasse. E o homem lhe dava queijo de vez em quando, mas somente o suficiente para um regime equilibrado. Mas o camundongo queria mais.

Com o passar do tempo, o camundongo pensava mais e mais no queijo que tanto desejava. Finalmente não aguentou mais. Sem que ninguém percebesse, saiu de sua casinha e entrou no armário da cozinha, onde comeu um pouquinho de queijo. – Não é muito, ele falou para si mesmo. – Ninguém vai reparar…

Mas o “pouquinho” de queijo logo se tornou uma boca cheia, e depois uma pata cheia, até que um dia, o camundongo comeu e comeu até não agüentar mais.

Foi então que ouviu um baralho, virou-se… e viu Silvestre, o gato. – “por que o homem deixou-o entrar tão cedo?”, o camundongo reclamou. Ele abandonou o queijo que estava saboreando, mas não sem pegar mais uma beliscada.

De repente o gato o viu. Começou a correr para sua casinha, com o gato logo atrás. Quando chegou à porta segundo antes do seu grande inimigo, descobriu que não conseguia mais passar por ela. Havia comido demais! Com um grito o camundongo xingou o homem por ter feito uma porta tão estreita. E Silvestre comeu o camundongo-recheado-de-queijo, e viveu feliz para sempre.

Esta fábula ilustra muitas vezes o que acontece entre DEUS e o homem. O coração endurecido dá as costas para Deus e ainda por cima O culpa de tudo pelo que está passando. Próvérbios 19:3 diz isso: “A estultícia do homem perverte o seu caminho, mas é contra o Senhor que o seu coração se ira.” e Provérbios 28:14 – “Feliz o homem constante no temor de Deus; mas o que endurece o seu coração caíra no mal.

Em Romanos 1: 18 a 32 mostra o que Deus já revelou a cada coração. A humanidade conhece a Deus por meio da criação e mesmo assim ela O rejeita. Rejeita a verdade de reconhecer o que já sabe ser verdade (ex: a soberania de Deus sobre tudo e sobre as nossas vidas; se não fosse por Ele, por sua misericódia, nós não estaríamos aqui hoje; depende da vontade do Senhor nos deixar acordar a cada dia e assim vai – tudo depende do Pai). As pessoas se recusam a se mostrar agradecidas a Deus. Os seus corações endurecidos levam-nas para outros caminhos. A adoração a Deus é trocada pela adoração aos ídolos feitos por homens e que refletem os homens. O coração acaba se corrompendo sempre mais e mais em virtude de estarem centralizados sobre objetos e focos de vida completamente errados e fora da vontade de Deus.

O grande segredo para as nossas vidas, não deixando o nosso coração endurecido e não colocando a culpa em Deus, é fazer o que nos diz em Provérbios 3: 5 e 6 – “Confia no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-O em todos os teus caminhos e Ele endireitará as tuas veredas.”

Pr.Ezequias Costa
Email: pr.ezequias@terra.com.br
Site: pastorezequias.com

Anúncios
Post anterior
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: