NO FUNDO DO POÇO

no-fundo-do-pocoNO FUNDO DO POÇO

“Nem quando chegamos à Macedônia tivemos descanso; pelo contrário, em tudo fomos atribulados; externamente, lutas; internamente temores. Mas, DEUS que consola os abatidos, consolou-nos com a chegada de Tito.” 2 Coríntios 7.5 e 6

Muitos de nós vivemos vidas sobrecarregadas. Isso pode acontecer ao crente fiel. O stress do dia-a-dia, a luta pela sobrevivência, a violência nas cidades, com crimes, assaltos e o trânsito violento.

Além disso, acontecem perdas a cada um de nós: perdas de familiares, perda do emprego, falta de perspectivas para o futuro, perda de nossa esperança…

Tudo isso aconteceu também na vida do apóstolo Paulo, a ponto de ele se sentir como no fundo do poço: cansaço físico, tribulações, problemas, dificuldades, combates… Ele declara que teve medo: combates ou lutas por fora e medos, temores por dentro, inquietação.

Em tal situação, DEUS providenciou conforto e encorajamento com a chegada de um jovem amigo: Tito. Ele trouxe consolo ao apóstolo, que estava abatido. Tito trouxe estímulo, incentivo, entusiasmo, alegria e novo ânimo… Mais adiante nesta carta, o apóstolo declara que Tito é seu companheiro e cooperador.

( 2 Coríntios 8.23).

Receber uma carta é muito bom; uma mensagem de email é eficiente; um telefonema, melhor ainda… mas nada se compara com a presença de um amigo em momentos de necessidade.

Agora, pare e pense: há hoje alguém que pode estar precisando de sua presença e do seu encorajamento? Alguém que já se encontra no fundo do poço?

Nossa missão: ser sensíveis à voz do ESPIRITO SANTO quando ELE nos dirigir para consolar e animar uma pessoa. Esteja disponível e deixe-se usar por ELE.

Compartilhe.

Pr. Ezequias Costa
Email: pr.ezequias@terra.com.br
Site: http://pastorezequias.com
Face: Ezequias Costa
Linkedin: Pastor Ezequias Costa

Anúncios
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: