CORAÇÃO CHEIO DE… MALDADE….

CORAÇÃO CHEIO DE … MALDADE..

“Um homem chamado Ananias, casado com Safira, vendeu um terreno e só entregou uma parte do preço aos apóstolos, ficando com o restante. Sua mulher sabia disso. Então Pedro disse a Ananias: ‘Por que você deixou Satanás dominar o seu coração? Por que você mentiu para o Espírito Santo?” – Atos dos Apóstolos 5, versos 1a 3.

Aprendemos nesta passagem da igreja primitiva em Jerusalém uma atividade do inimigo de nossas almas, Satanás. Vemos o príncipe das trevas tentar, sistematicamente e por diversos modos, persuadir o ser humano a cair em pecado.

A palavra hebraica satan significa adversário e, traduzida para a língua grega, temos diábolos. Em passagens do Antigo Testamento, como Jó 1.6 e Zacarias 3.1, a palavra satan corresponde ao nome próprio do anjo do mal. Sua atividade principal é acusar os seres humanos diante de DEUS e requerer destruição sobre as nações.

Ainda que Satanás conheça todas as fraquezas humanas e com frequência faça sugestões de maneiras para expressar isso em pecado, os seguidores do Senhor Jesus contam com a poderosa presença de DEUS em sua vida, através do Espírito Santo. Assim, podem pela fé rejeitar todas as armadilhas e sugestões do nosso Inimigo e vencer as tentações.

Aprendemos, também, que as ofertas e donativos são atos voluntários, segundo a generosidade de cada um. Os apóstolos não haviam feito pedido algum. Foi o Espírito Santo que moveu cada pessoa a contribuir conforme a alegria em seu coração, como nos ensina o apóstolo Paulo na 2a. carta à Igreja de Corinto, capítulo 9, verso 7.

Ananias e Safira não pecaram por ficar com parte do dinheiro da venda de sua propriedade, mas sim por haverem mentido ao próprio DEUS. Além disso, pensaram com arrogância que é possível ao ser humano idealizar ou realizar qualquer coisa fora do pleno conhecimento do SENHOR, nosso DEUS.

Outra lição para a igreja que então se iniciava, e para nós também, é que o Espírito Santo é a própria pessoa do Senhor, habitando o corpo do crente, não um tipo de energia qualquer. Nunca devemos pensar que podemos enganar esse Espírito que é Santo.

A Igreja de Jesus Cristo não é uma empresa comercial, nem um negócio onde a hipocrisia, a fraude ou a corrupção possam ser aceitas.

Quantas lições vieram desta tragédia, dessa consequência drástica, que trouxe temor sobre a igreja primitiva. Nós que atuamos em uma igreja, quer como líderes, quer como membros, devemos prestar muita atenção a estas lições, e tirar delas o melhor para nossas vidas e nossas igrejas.

“Muitos sinais e maravilhas eram realizados pelas mãos dos apóstolos entre o povo. E todos os que creram costumavam reunir-se, em comunhão, junto ao pórtico de Salomão.” – Atos dos Apóstolos 5.12

Pr. Ezequias Costa
email: pr.ezequias@terra.com.br
site: http://pastorezequias.com

Anúncios
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: