AINDA NÃO É CHEGADA A MINHA HORA

AINDA NÃO É CHEGADA A MINHA HORA.

“E, faltando vinho, a mãe de JESUS lhe disse: ‘Eles não tem vinho.’ Disse-lhe JESUS: ‘Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora.’” João 2.3 e 4.

Houve um casamento na pequena vila de Caná, na Galiléia. A mãe de JESUS foi convidada, bem como JESUS e seus discípulos, para participar das bodas.

A mãe de JESUS devia ser conhecida dos responsáveis pela festa pois logo chegou a ela a informação de que o estoque de vinho havia terminado. Imediatamente a mãe de JESUS passa essa informação a ELE, que responde com um aparente descaso.

O que JESUS queria dizer com: “Que tenho eu contigo?” “Ainda não é chegada a minha hora…” . Estaria ELE se distanciando de sua mãe? Ou falando que não era aquele o local para se apresentar como Messias ou não era a hora de realizar milagres?

Em primeiro lugar, o uso do termo “Mulher” é um modo respeitoso de se dirigir a uma mulher naquela cultura. Em nosso mundo seria como usar o termo “Senhora”. É a forma usual como JESUS se dirige, por exemplo, a uma mulher casada que era acusada de adultério, conforme relatado em João 8.10.

“Que tenho eu contigo?” Isso indica que o papel especial de Maria, como mãe de JESUS, não lhe dá autoridade para interferir na carreira de JESUS, o Cristo. É um forte argumento contra fazer-se orações a Maria.

“Minha hora” refere-se ao tempo do sofrimento e da morte de JESUS. Aqui, o Senhor está afirmando que ELE, e não Maria, deve determinar a agenda do SEU ministério terreno.

No final do evento em Caná, o autor deste Evangelho informa que JESUS, sua mãe, seus irmãos e seus discípulos se dirigiram para a cidade onde moravam, Cafarnaum.

E conclui dizendo que algo novo foi estabelecido ali: água que era para a purificação cerimonial é substituída por vinho, símbolo do sangue do Cordeiro, para a lavagem dos pecados, como JESUS vai ensinar ao final de seu ministério ao instituir a celebração da Ceia do Senhor, conforme relato dos evangelistas Lucas no capítulo 22, verso 20 ou Mateus 26, versos 27 e 28.

Você concorda??

Pr. Ezequias Costa
Email: pr.ezequias@terra.com.br
Site: http://pastorezequias.com

Anúncios
Post anterior
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: