SEGUIR A JESUS… DE LONGE

SEGUIR A JESUS… DE LONGE!!!

Autor: Ezequias Costa

“Prenderam a Jesus, e O levaram e O fizeram entrar na casa do sumo sacerdote. Pedro, porém, seguia Jesus de longe”. – Lucas 22. 54

O julgamento de Jesus pelo Sinédrio vai começar. Já era perto da meia-noite e Jesus, traído por Judas e abandonado por todos os Seus discípulos, é levado preso para a casa de Caifaz.

Mas, Simão Pedro é o único que arrisca seguir o Mestre, só que faz isso de longe. Embora armado com sua espada, com a qual ferira a orelha do servo do sumo sacerdote, não tem coragem de aparecer perto de Jesus. Esconde-se nas sombras da noite.

Pedro mistura-se aos empregados da casa onde se processa o julgamento de Jesus. Mas, reconhecido por três vezes como seguidor de Jesus, três vezes nega conhecer seu mestre.

Como foi possível tal atitude de covardia? A pressão teria sido muito para ser suportada? Teria sido o medo do sofrimento, medo de ser crucificado junto com Jesus?

O medo muitas vezes é a razão principal para mudanças de comportamento. Mas, quando lembramos que Pedro foi advertido por Jesus, de que negaria conhecer o Mestre, vemos sua auto suficiência à flor da pele.

Quando lemos da coragem de Pedro, armado com uma espada, não conseguimos entender sua reação covarde. Prefere diluir-se em meio ao círculo de empregados, aquecendo-se perto da fogueira, para ver o final da história. Junta-se aos assistentes ao invés de combater ao lado do Mestre.

Você que me lê, pare um pouco agora. Tudo começou quando Pedro começou a seguir a Jesus de longe, sem se envolver. Inicialmente, em meio a sombras. Depois, no meio dos espectadores, meros assistentes. De seguidor do Mestre a um amedrontado vacilão…

Você já passou por situação semelhante? Com medo de ser reconhecido como seguidor de Jesus? Deixou-se levar pela turba descompromissada, apenas assistindo o desfecho da história?

 Foi necessário que o olhar de Pedro cruzasse com o olhar do Mestre para que ele voltasse a ser o Pedro de outrora.  Ele sai da cena, cai em si e chora amargamente. “Como pude negar o Mestre?”, teria pensado Pedro.

Depois, após ser restaurado por Jesus, vai ser o intrépido pregador do Pentecostes, levando milhares de pessoas a se render aos pés do Salvador. Não vale a pena seguir a Jesus DE LONGE.

Você pode crer assim??

Pr. Ezequias Costa

email:  pr.ezequias@terra.com.br

site: http://pastorezequias.com

Anúncios
Post seguinte
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: