A PRESENÇA DO MAL

A PRESENÇA DO MAL 

Autor: Ezequias Costa

“ Depois de atravessarem toda a ilha de Chipre, chegaram à cidade de Pafos. Ali encontraram um judeu chamado Bar-Jesus, que praticava feitiçaria e era falso profeta. Ele assessorava o pro cônsul Sérgio Paulo, homem de grande inteligência. O pro cônsul mandou chamar Barnabé e Saulo, pois desejava conhecer a Palavra de DEUS. No entanto, Elimas, o mago, – que assim se traduz o nome dele, opunha-se a eles, tentando desviar o pro cônsul da fè”. – Atos 13.6-8.

Esse judeu feiticeiro era provavelmente um astrólogo. Os astrólogos ensinam que o destino e a vida de cada pessoa são determinados pela posição dos astros em relação à data de nascimento de cada pessoa.

Até que ponto chega a cegueira das pessoas. Sabe-se, hoje, que os planetas em nosso sistema solar são constituídos de rochas inertes e sem vida. Até crentes em nossas igrejas querem saber nosso signo, qual o planeta ou satélite que deve reger nossas vidas…

Toda feitiçaria e astrologia são formas de espiritismo que se opõem ao Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, porque são obras do Inimigo de nossas almas.

Veja neste relato como esse judeu, que certamente conhecia os ensinamentos da Lei de Moisés, procura afastar da Palavra de DEUS alguém sedento por ouvir a mensagem de libertação.

Eis o que consta nos ensinos de Moisés, em um dos livros escritos pelo fundador da nação dos israelitas. “Não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações da terra que passas a possuir. Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro, nem quem consulte um espírito adivinhante, nem quem consulte os mortos”. – Deuteronômio 18. 10 e 11.

Esses versículos relatam as práticas de nações que viviam na terra de Canaã antes da chegada da nação de Israel à Terra Prometida. Práticas abomináveis diante dos olhos de DEUS, mas que subsistem até os dias de hoje, mais de 4.000 anos passados…

É a Presença do Mal, que ontem como hoje quer afastar as pessoas da mensagem do Evangelho. Cabe a nós como pais, avós, pastores, líderes das igrejas de Jesus Cristo, nos mantermos sempre vigilantes CONTRA AS ASTUTAS CILADAS DO MALIGNO, nos mantendo fiéis ao ensino da Palavra de DEUS.

No enfrentamento da oposição ao Evangelho é preciso estar cheio do Espírito Santo, como podemos ver no relato deste episódio. Só assim a Obra do Evangelho prosperará. (“Todavia, Saulo, que traduzido é Paulo, cheio do Espírito Santo, olhando firmemente para Elimas o repreendeu dizendo: “Tu estás cheio de toda mentira e malignidade, filho do Diabo, inimigo de tudo o que justo. Quando cessarás de perverter os retos caminhos do SENHOR”? – Atos 13. 9 e 10)

Pr. Ezequias Costa

Email: pr.ezequias@terra.com.br

Site: http://pastorezequias.com

Anúncios
Post anterior
Post seguinte
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: