ÁRVORE DE NATAL??

Autor: Ezequias Costa

O culto babilônico estava associado às estações do ano, que deram origem ao culto solar. Por sua vez, as estações do ano estão também ligadas ao ciclo de florescimento da vegetação.

Surgiu assim a adoração a plantas, particularmente a árvores. E para dar sentido a essa adoração, os deuses babilônicos foram associados às suas respectivas árvores.

O pinheiro, conhecido como a árvore de Natal, é uma fábula de chamada de adoração a um deus babilônio: Tammuz.

Com a árvore de Natal dentro de nossa casa estamos ressuscitando um trono a um deus babilônio, dando autorização para os demônios agirem.

E quantas vezes cantamos, até mesmo de nossos púlpitos, esta canção, sem saber o que estávamos dizendo:“Pinheirinhos, que alegria,
Sinos tocam noite e dia
É natal que vem chegando
Vamos pois cantarolando…”

Vale aqui acrescentar o texto do profeta Jeremias 10.1-4: “Povo de Israel, escute a mensagem do seu DEUS. Ele diz: não sigam os costumes de outras nações. Elas ficam espantadas quando aparecem coisas estranhas no céu, mas vocês não devem se assustar. A religião dessa gente não vale nada. Cortam uma árvore na floresta, e um artista com as suas ferramentas faz um ídolo. Então o enfeitam com prata e ouro e o firmam com pregos…”

Os profetas sempre se levantaram contra os cultos prestados às divindades que foram introduzidas por reis e rainhas pagãos. Veja, por exemplo, 1 Reis 14.22-23 e 2 Reis 17.9-10

Durante os preparativos que Moisés fez para que o povo tomasse posse da terra prometida está bem clara a mensagem para evitar árvores junto ao altar do Senhor: “Não plantarás nenhuma árvore junto ao altar do Senhor, teu Deus, que fizeres para ti”. Deuteronômio 16.21

Acrescentemos mais uma ordem: “Destruireis por completo todos os lugares onde as nações serviram aos seus deuses, sobre as altas montanhas, e debaixo de toda árvore frondosa e os seus bosques queimareis”. Deuteronômio 12.2 e 3

Qualquer pagão ou adepto de feitiçarias e bruxarias sabe porque árvores eram usadas em rituais de magia e paganismo. “Mas Israel não tem conhecimento, o meu povo não entende…” Isaias 1.3

pr. Ezequias Costa

email: pr.ezequias@terra.com.br

site: http://pastorezequias.com

Post anterior
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: