A FALTA .DE ESPERANÇA É UMA TRAGÉDIA

A FALTA DE ESPERANÇA É UMA TRAGÉDIA

Autor: Ezequias Costa

“Havia uma inscrição acima de JESUS que dizia: ESTE É O REI DOS JUDEUS”. Um dos criminosos que ali estavam dependurados lançava-lhe insultos: ‘Você não é o Cristo? Salva-se a si mesmo e a nós’. Mas o outro criminoso dizia: ‘JESUS, lembra-te de mim quando entrares no teu reino’.”  – Lucas 23.38-42

Por que há na Bíblia tantas passagens nas quais JESUS aparece junto a pessoas sofrendo?

  • Uma viúva que perde seu filho único;
  • Jairo que perde sua filha de 12 anos;
  • Duas irmãs, Marta e Maria, que perdem seu irmão caçula;
  • Um homem cheio de demônios que vive num cemitério, querendo acabar com sua própria vida;
  • Uma mulher que teve 5 maridos e busca agora em outra relação preencher o seu vazio;
  • Um cego que vive de esmolas e que nunca viu a luz do sol.

Essas passagens, e muitas outras, estão registradas na Bíblia para dizer o que o Senhor JESUS faz. O que ELE pode e quer fazer por cada um de nós. Pois, a maior tragédia do ser humano é não ter esperança, não enxergar o que está à frente.

Estamos como numa viagem de navio, enjoados de tudo o que vivemos. Da corrupção, das tragédias do dia-a-dia, da violência em nossas cidades, da falta de perspectiva de nossos jovens…

Mas, nós podemos olhar para o amanhã com esperança. No nosso viver deve arder a chama da esperança. Esperança é esperar, é um sentimento de confiança no amanhã.

Esperança é um sentimento de expectativa, que vem antes da fé. É dizer: vai dar certo. O ser humano que não tem esperança tem o trabalho como escravidão, tem seus relacionamentos com angústia, tem sua vida como um suplício….

Este ladrão na cruz traz os valores da Esperança. Não sabemos seu nome. Sabemos que foi condenado à cruz pelos Estado romano por suas atividades como terrorista. Vai morrer justamente na hora, no dia e no lugar em que JESUS está.

Foi realista, mas não destruído pela realidade. É impressionante ver como ele se enxerga: merecedor de seu sofrimento. Viu, também, que aquela situação dramática era a oportunidade de viver uma outra realidade.

Ele não lamentou, não murmurou. Ele olha para o futuro e consegue ver além do momento presente. Este homem pôde ver mais do que estava na superfície. Podemos concluir que ele é um otimista…

Ele vê o JESUS glorificado. Não o JESUS que está ali na cruz cheio de sangue, com cuspe no rosto, com a coroa de espinhos na cabeça, sendo ridicularizado pelos soldados e pela multidão que assiste aquele espetáculo.

Ele vê o JESUS vitorioso. Ele vê que JESUS tem um reino quando diz: “Lembra-te de mim quando vieres no Teu reino… Me faz lembrar o Salmo de Davi, o Salmo 27, especialmente os versos 13 e 14: “Apesar disso, esta certeza eu tenho: viverei até ver a bondade do Senhor na terra. Espere no Senhor. Seja forte. Coragem. Espere no Senhor”.

pr. Ezequias Costa

email: pr.ezequias@terra.com.br

site: http://pastorezequias.com

Post anterior
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: