LEVADOS PELO MEDO.

LEVADOS PELO MEDO.

Autor: Ezequias Costa

“Também vimos ali gigantes, filhos de Anaque, descendentes dos gigantes; e éramos aos nossos olhos como gafanhotos e assim também éramos aos olhos deles”. Números 13:33

Quero falar de dois tipos de pessoas: as pessoas dominadas pelo medo e, por isso, não chegam a lugar algum. E as pessoas que, por mais desesperadora que seja a situação em que se encontram, não tiram os olhos das promessas.

Conta-nos a história que, prestes a entrar na posse da terra prometida, a mando de DEUS, Moisés escolhe 12 espias para entrarem na terra à sua frente e analisarem as possibilidades de conquista. 40 dias depois, 10 dos espias voltam alarmados e se declaram incapazes da conquista. Veem-se como insetos, como gafanhotos…

Viram a terra habitada por gigantes, cidades cercadas por altos muros, que aos olhos deles pareciam não ter fim. Então, um pavor enorme toma conta deles e não conseguem  enxergar as promessas de DEUS, que estavam para se cumprir. Essa foi a conclusão a que chegaram ao avistar a terra e suas riquezas.

Agiram movidos pelo medo e, no meio desse desespero, se esqueceram das promessas do Senhor para eles. Haviam visto, no deserto, a mão do Senhor cuidado deles cada dia, e assim mesmo tiveram medo.

A nós também, o medo nos debilita, nos enfraquece, nos faz covardes, nos faz andar para trás. Um grupo tomado pelo medo e já se dava por vencido sem ter lutado. Suas palavras declaram a causa perdida. Então, se apropriaram da derrota e do fracasso sem luta alguma.

Quantas vezes nos sentimos pequenos como gafanhotos diante das dificuldades. Ficamos apavorados e aí o temor se apodera de nós e nos torna paralíticos espirituais. Pessoas de grande potencial, capacitadas, mas por causa de um obstáculo se veem derrotadas e sem nenhuma esperança de vitória….

É preciso tirar os olhos da situação e colocar os olhos nas promessas de DEUS. Sentir medo é normal para nós, mas ser dominado pelo medo é perigoso. Vivemos num tempo cheios de medo. Medo de ser assaltado, medo do desemprego, medo de ser traído, medo de ser enganado, medo da falência, medo da miséria. Medo, medo, medo…Uma nação dominada pelo medo, medo do que virá amanhã.

Dois espias retornaram cheios de ânimo. Pensavam diferente. Josué e Calebe. Também se sentiram pequenos, talvez gafanhotos. Mas sabiam que estes pequenos insetos são capazes de fazer um grande estrago. Se sentiam prontos para devorar o inimigo, prontos para avançar e conquistar a terra, porque se apegaram às promessas do Senhor.

Amado, amada, neste exato momento você se sente assim, cheio de medo no coração, paralisado, sem conseguir agir ou reagir? Tem perdido grandes oportunidades por causa do medo de não conseguir? Quantos sonhos, quantos projetos você deixou de realizar por causa do medo de não conseguir?

Você precisa se ver como DEUS te vê. Não é tempo de desistir, de andar para trás…você precisa se ver como bênção. Entendeu??

Pr. Ezequias Costa

Email: pr.ezequias@terra.com.br

Site: http://pastorezequias.com

Anúncios

AS PESSOAS TEM VISTO CRISTO EM NOS?

DEZ MANDAMENTOS PARA DESTRUIÇÃO DA FAMÍLIA

OS DEZ MANDAMENTOS PARA A DESTRUIÇÃO DA FAMILIA

A propósito do DIA DOS PAIS.

“PAIS, NÃO PROVOQUEIS VOSSOS FILHOS A IRA, MAS CRIAI-OS NA DOUTRINA E ADMOESTAÇÃO DO SENHOR”. Efésios 6.4

1. Nunca realize o culto doméstico. Seus filhos vão crescer na certeza de que a Bíblia é um livro sem importância. (mais…)

A MÃO FORTE E A MÃO VAZIA

A mão forte e a mão vazia

Oswaldo Chirov

“Eu sei, porém, que o rei do Egito não vos deixará ir, se não for obrigado por mão forte. Portanto, estenderei a minha mão, e ferirei o Egito com todos os meus prodígios que farei no meio dele; depois vos deixará ir. E farei que os egípcios tenham boa vontade para com o povo, de modo que, quando vocês saírem, não sairão de mãos vazias. (Êxodo 3:19-21)

Quando se é escravo raramente a liberdade é conquistada graciosamente. Salvo nos casos de alforria, a liberdade tem um preço. Quando o escravo não pode pagar – o que geralmente acontece – alguém tem de pagar por ele. (mais…)

O LEOPARDO E O MENINO

FB_IMG_1460140816573

Recomendo porque conheço o autor. Otimo livro para crianças….filhos ou netos.

O AVIVAMENTO DE QUE PRECISAMOS

avivamento
O AVIVAMENTO de que precisamos não é emocionalismo momentâneo produzido por tele evangelistas… Avivamento é o estado CONSTANTE da Igreja de Jesus, abrasada pelo glorioso fogo do Espírito Santo, como escrito em Levítico 6.13: “O fogo se conservará continuamente aceso sobre o altar; não se apagará”

AVIVAMENTO não são grandes movimentos e festas de confraternização. AVIVAMENTO é o constante mover do Espírito Santo na igreja, produzindo vida e energia espiritual, conforme Atos 4.31 (mais…)

Os números de 2015

As estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2015 deste blog.

Aqui está um resumo:

O Museu do Louvre, em Paris, é visitado todos os anos por 8.5 milhões de pessoas. Este blog foi visitado cerca de 200.000 vezes em 2015. Se fosse o Louvre, eram precisos 9 dias para todas essas pessoas o visitarem.

Clique aqui para ver o relatório completo

VAMOS LANÇAR AS REDES??

lançar as redes

agradar A DEUS 2

jesus nasceu

O AVIVAMENTO DE QUE PRECISAMOS

ver Jesus

Pr., Ezequias ora por enfermos
“… este é o momento oportuno, agora é o dia da salvação.”
2 Coríntios 6.2

O que Jimmy Hendrix e Elis Regina tem em comum? Ambos ansiavam um amanhã melhor, mas nessa busca foram tragados pelo HOJE…nunca encontraram o amanhã de felicidade que buscavam…

O tempo caminha em linha reta, sem jamais andar para trás. Podemos comparar a nossa vida a uma longa estrada, mas sem retornos….Nascemos e caminhamos para a frente, quer queiramos ou não. Ontem é cristalizado no passado ao qual não podemos retornar. O Amanhã é apenas uma visão ainda abstrata. Mas, o HOJE é real, (mais…)

2 CORÍNTIOS – ESTUDO 20 – QUATRO CONSELHOS FINAIS

final2 CORÍNTIOS – ESTUDO 20 – QUATRO CONSELHOS FINAIS

“Sem mais, irmãos, despeço-me de vocês! Procurem aperfeiçoar-se, consolem uns aos outros, tenham um só pensamento e vivam em paz. E o DEUS de amor e paz estará com vocês.”
2 Coríntios 13.11

Esta carta foi escrita pelo apóstolo Paulo, não como líder autoritário, que temesse perder seu posto de autoridade, mas como verdadeiro pai espiritual aos crentes em Corinto, a quem ele amava profundamente, e com quem ele se preocupava em que tivessem o maior e melhor crescimento espiritual.

O apóstolo Paulo escreveu esta carta à igreja de Corinto onde havia três classes de crentes:
 Primeiro, como pai espiritual, ele escreve àqueles irmãos que precisavam de encorajamento e lhe eram fiéis;
 Segundo, escreveu àqueles que eram falsos apóstolos e continuavam a difamá-lo para enfraquecer sua autoridade;
 Terceiro, escreveu para repreender a minoria na igreja influenciada pelos oponentes do apóstolo e que não aceitavam sua autoridade e correção.

O apóstolo deixa, então, esses Quatro Conselhos para uma igreja cristã cheia de problemas. Analise e veja onde esses Conselhos podem se aplicar à sua igreja.
(mais…)

%d blogueiros gostam disto: